Notícias em Destaque

Curso básico sobre os pecados capitais em 2 minutos.


Redação da Aleteia | Mar 06, 2018

Domínio Público

O que são, quais são, por que são "capitais" e quais as virtudes para combater cada um.

Os pecados capitais são tendências da nossa natureza decaída que, além de serem pecados em si mesmos, ainda nos levam a cometer outros pecados.

É por isso que são chamados de “capitais”: a origem latina da palavra “capital” remete àquilo que diz respeito à cabeça (“cáput”) – e esses pecados são como as “cabeças”, as causas de outros pecados.

Eles podem ser mortais ou veniais, dependendo do grau de consciência e consentimento de quem os comete.

São eles:

  • A soberba (ou orgulho) é a estima exagerada de si mesmo e o desprezo pelos outros.

  • A avareza é o desejo desordenado pelos bens terrenos.

  • A luxúria é o desejo e uso desordenado do prazer sexual.

  • A ira é o impulso desordenado de agir com raiva contra alguém ou algo.

  • A gula é o desejo desordenado de prazer pelo comer e beber.

  • A inveja é a tristeza pelo bem do próximo, visto como mal próprio.

  • A preguiça (ou acídia) é a falta de vontade no cumprimento do dever e no uso do ócio.

Os pecados capitais podem ser combatidos com a prática das virtudes contrárias:

  • Contra a soberba, humildade;

  • Contra a avareza, generosidade;

  • Contra a luxúria, castidade;

  • Contra a ira, paciência;

  • Contra a gula, temperança;

  • Contra a inveja, caridade;

  • Contra a preguiça, diligência.

Quer aprofundar?

Hugo de São Vítor, um famoso mestre medieval, escreveu esplêndidos comentários e sermões, entre os quais o dos Cinco Septenários que haveria no tesouro da Igreja:

  1. os 7 pedidos do Pai-Nosso;

  2. os 7 vícios capitais;

  3. os 7 dons do Espírito Santo;

  4. as 7 virtudes;

  5. as 7 Bem-Aventuranças.

Arquivo
Histórico
Postagens recentes
Busca por Tags