Notícias em Destaque

Milhares marcham em Brasília em defesa da vida e contra o ativismo judicial


BRASILIA, 19 Jun. 18 / 07:30 pm (ACI).(Excertos)- Na última terça-feira, 19 de junho, milhares de brasileiros participaram da 11ª Marcha Nacional pela Vida, para manifestar-se contra o aborto no país e o ativismo judicial que visa liberar a prática no país, sobretudo às vésperas de uma audiência pública para discutir a descriminalização do aborto convocada pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A 11ª Marcha Nacional pela Vida foi realizada pelo Movimento Nacional da Cidadania pela Vida- Brasil Sem Aborto, com o tema “Vida para viver”. Durante o trajeto, os manifestantes erguiam faixas dizendo “sim à vida, não ao aborto”, além de frases “contra o ativismo judicial”, entre outras manifestações.

De acordo com os organizadores, participaram da Marcha de representantes de diferentes estados brasileiros, como Goiás, Sergipe, Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Alagoas e Paraíba.

Segundo o Movimento Brasil Sem Aborto, a marcha chamou a atenção para audiência pública que será realizada pelo STF no dia 6 de agosto, que vai discutir a descriminalização do aborto nos três primeiros meses de gestação.

A audiência foi convocada pela ministra Rosa weber, relatora da Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442, proposta pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), na qual o partido pede que o Supremo invalide os artigos 124 e 126 do Código Penal, que criminalizam a interrupção voluntária da gravidez.

Na convocação, a ministra justificou que o tema jurídico é um dos “mais sensíveis e delicados”, pois envolve questões de ordem ética, moral, religiosa e saúde pública.

Entretanto, a presidente do Movimento Brasil Sem Aborto, professora Lenise Garcia, ressaltou que, “na verdade, a complexidade da controvérsia é bem maior”. “Quem deve legislar é o Congresso Nacional e não o Supremo. Esperamos que a ministra leve em consideração os 80% dos brasileiros que são contra legalizar o aborto, segundo pesquisas”.

Arquivo
Histórico
Postagens recentes
Busca por Tags