Notícias em Destaque

[Artigo] Eucaristia: a invocação do Espírito Santo – Padre Márcio Pimentel* (liturgista)


Na oração eucarística, a Igreja se volta para Deus em dupla atitude: agradecer e suplicar. Dessas suas atitudes, ou movimentos básicos, a Igreja, Corpo de Cristo, desenvolve, como de um núcleo gerador, toda a sua oração1 . Sobre o núcleo gerador das súplicas, a teologia identificou na Tradição ocidental romana, a invocação do Espírito Santo sobre os dons:

Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas, a fim de que se tornem o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar este mistério

E, igualmente, identificou a invocação do Espírito Santo sobre os comungantes:

… concedei que alimentando-nos com o corpo e sangue do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito Santo e nos tornemos em Cristo um só corpo e um só Espírito.

Primeiramente a Igreja pede que o Espírito Santo venha sobre os dons, pão e vinho, para santifica-los, tornando-os sacramento do Corpo e Sangue de