Notícias em Destaque

Papa encontra coroinhas de 18 países e responde perguntas


"A fé é essencial, me faz viver. Eu diria que a fé é como o ar que respiramos. Não pensamos, a cada respiro, em quanto necessário seja o ar, mas quando falta ou não está limpo, reparamos o quanto é importante! "

Cidade do Vaticano

Realiza-se em Roma a 12ª Peregrinação Internacional dos Ministrantes que teve início no dia 30 de julho e se conclui no dia 3 de agosto, organizada pela Coetus Internationalis Ministrantium (CIM).

São mais de 80 mil jovens e adolescentes provenientes de países europeus como Itália, França, Bélgica, Croácia, Luxemburgo, Áustria, Portugal, Romênia, Suíça, Sérvia, Eslováquia, República Tcheca, Ucrânia, Hungria, Polônia, mas também dos Estados Unidos, Antígua e Barbuda. "Busca a paz e vai ao seu encalço"(Salmo 33,15b) é o lema escolhido para o evento que teve seu ponto alto com o encontro com o Papa Francisco na Praça São Pedro, no final da tarde desta terça-feira, 31 de julho.

Queridos ministrantes, disse o Papa no início

do encontro, "é com muita alegria que vejo vocês tão numerosos aqui na Praça São Pedro, enfeitada com as cores das suas bandeiras. Vocês me entregaram os sinais distintivos da sua peregrinação: obrigado de coração! Sou peregrino como vocês, que vieram de muitos países do mundo. Estamos unidos na fé em Jesus Cristo, estamos em caminho com Ele que é nossa paz". O Papa agradeceu ainda ao presidente da Coetus Internationalis Ministrantium (CIM), Dom Nemet, pela saudação que lhe dirigiu em nome de todos os presentes. em seguida um momento de colóquio em forma de perguntas. Foram cinco perguntas em cinco línguas diferentes.

[Primeira pergunta em língua francesa]

Santo Padre, como coroinhas e também como crentes, damos a paz um ao outro, dando-nos o sinal de paz durante a Santa Missa. Como podemos contribuir a fazer sair essa paz também fora dos muros de nossas igrejas e sermos construtores de paz nas nossas famílias, nos nossos países e no mundo?

Resposta 1

Obrigado! Você falou muito bem: a paz e a Santa Missa vão juntas. Antes do sinal da paz, pedimos ao Senhor que dê paz e unidade à comunidade da Igreja. A paz é Seu dom que nos transforma, para que nós, como membros do Seu corpo, possamos sentir os mesmos sentimentos de Jesus, possamos pensar como Ele pensa, amar como Ele ama. E ao término da Missa somos enviados com a palavra: “Ide em paz”. O compromisso concreto em prol da paz é a prova de que somos de verdade discípulos de Jesus. A busca da paz começa pelas pequenas coisas. Por exemplo, em casa, depois de uma briga entre irmãos eu me fecho