Notícias em Destaque

Mobilização da Igreja contra a descriminalização do aborto no Brasil


Várias dioceses e arquidioceses brasileiras emitiram nos últimos dias notas de repúdio ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra as razões apresentadas na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental 442 (ADPF 442), proposta pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). A proposta visa descriminalizar o aborto até a 12ª semana de gestação.

Rio de Janeiro

No último dia, 26 de julho os bispos do Regional Leste 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que abrange todo o Estado do Rio de Janeiro, publicaram uma mensagem se manifestando em face da Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental 442/2017 (ADPF 442). No documento, os bispos reafirmam posição firme e clara da Igreja: “Explicitamente manifestamos nosso irrenunciável compromisso com a vida desde a concepção até a morte natural, com especial atenção à vida mais fragilizada, que, no caso em questão, é a vida do nascituro”.

O episcopado exorta ainda que os católicos e todas as pessoas que desejam um país democrático, pacífico e protetor da vida se posicionem contrários ao que está sendo proposto através da presente medida judicial que permite o aborto até doze semanas de gestação.