Notícias em Destaque

A construção de uma cultura de paz é o eixo central do Dia Nacional da Juventude 2018, celebrado nes


19/10/2018 Juventude

O papel do jovem brasileiro na construção de uma cultura de paz é o foco do Dia Nacional da Juventude (DNJ) 2018 que será celebrado neste domingo, 21 de outubro. A juventude está organizada de maneira plural e com várias expressões: movimentos, grupos jovens paroquiais, grupos de PJs, novas comunidades, congregações entre outras, ressalta o bispo de Valença (RJ) e membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) dom Nelson Francelino Ferreira.

“Celebrar o DNJ é uma oportunidade de se aproximar da pluralidade das experiências e perceber a força da comunhão celebrativa das nossas juventudes, reafirmando e visualizando seu protagonismo dentro da Igreja e da sociedade”, destaca.

Neste ano, o DNJ apresenta o tema “Juventude construindo uma cultura de paz” e o lema “Disse estas coisas para que em mim vocês tenham paz, neste mundo vocês terão aflições, contudo tenham coragem, Eu venci o mundo” (Jo 16,33) e a data será comemorada no mesmo período em que acontece a XV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos sobre a juventude, em Roma, um momento importante de protagonismo da juventude no mundo.

Para dom Nelson Ferreira, a juventude é um lugar teológico, que nos revela a inquietude do coração de Deus. “Deus é jovem”. “Que a juventude nos ajude, como Igreja, a reencontrar a ‘alegria do Evangelhos’, nos estimulando a sair de nossas estruturas e nos pôr a caminho na direção de nossos grandes desafios. Os espaços de atuação da juventude são muito amplos e a sua ousadia nos contagiará. Ela não é só esperança, ela já é realidade transformadora é encantadora”, diz.

Tags:

Arquivo
Histórico
Postagens recentes
Busca por Tags